sexta-feira, junho 01, 2007

[citação 22]
SE FOSTE CRIANÇA



Se foste criança diz-me a cor do teu país
Eu te digo que o meu era da cor do bibe
e tinha o tamanho de um pau de giz.
Citação > Ruy Belo (1933-1978), Portugal
> in Homem de palavra(s), ed. Presença, Lisboa, 1978
(excerto do poema "Algumas proposições com crianças")

Fotografia > Duarte Belo (n. 1968), Portugal
> in Ruy Belo - Coisas de Silêncio, ed. Assírio & Alvim, Lisboa, 2000

> Pesquisar Ruy Belo
www.astormentas.com/ruybelo.htm
http://www.instituto-camoes.pt/cvc/poemasemana/11/01.html

> Pesquisar Duarte Belo
www.duartebelo.com
http://fundacao-plmj.com/detalhe.php?aID=1294#showDetail

[P] [R]

Etiquetas: , ,

5 Comentários:

Anonymous L'Oiseau Rare escreveu...

Magnífica fotografia de Duarte Belo, magnífico poema de Ruy Belo, magnífico post do Ultraperiférico.

02 junho, 2007 02:44  
Anonymous CR escreveu...

Que lindo poema e que bela fotografia!

Vale mesmo a pena passar por aqui...

02 junho, 2007 19:06  
Blogger sem-se-ver escreveu...

gosto muito do seu blog.

04 junho, 2007 11:38  
Blogger Roteia escreveu...

Muito obrigado, a L'Oiseaux Rare, a CR, e a Sem-se-Ver. Voltem sempre!

04 junho, 2007 12:26  
Blogger bettips escreveu...

O meu país era verde. Apesar do fascismo, o meu país era verde-esperança, em todos os que o imaginavam melhor! Um poema nostálgico.

05 junho, 2007 22:01  

Enviar um comentário

Ligações para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home