quinta-feira, julho 27, 2006

INSÓNIA



É tempo de lembrar no Ultraperiférico o trabalho insone de Henrique Fialho e o
seu contributo esclarecido e crítico para uma lusosfera luminosa, contra a frivolidade
de pelo menos meio-país, que se passeia sem ideias e sem causas.
Nesta vasta antologiadoesquecimento.blogspot.com, merece visita prolongada
e participação activa o recente post em que se discute o papel dos poetas na sociedade contemporânea: O Meu Cinzeiro Azul #47.
[R]

Fotografia > Horácio Novais (1910-1988), Portugal
> Nocturno, s/d (déc.1960), (foto © FH/CRO).

Figura quase esquecida da fotografia portuguesa, Horácio Novais foi membro de
uma destacada família de fotógrafos, com actividade em Lisboa desde o último quartel
do século XIX. Era filho do retratista Júlio Novaes (1867-1925), sobrinho
de
Eduardo Novaes
(1857-1919), também retratista,
e de António Novaes (1855-
1940), um pioneiro da fotografia de reportagem,
e irmão de Mário Novais (1899-
1970), documentalista do património artístico com trabalho reconhecido na
área da reprodução de obras de arte.
Não se conhece a Horácio Novais a propensão para projectos artísticos nem de
afirmação autoral, tendo desenvolvido a sua longa carreira profissional especializada
no campo da fotografia documental da arquitectura e da paisagem urbana. Contudo,
o seu "saber fazer" deveria tê-lo colocado entre
os principais fotógrafos do país.
Nunca se fez sobre a obra de Horácio Novais nenhum estudo aprofundado, nenhuma
exposição, nenhuma antologia, nenhuma publicação. E no entanto, o seu estúdio do
Bairro Alto manteve actividade após a sua morte em 1988, sendo continuado por um
seu colaborador até 1997.
Este Nocturno, rigoroso e límpido, mostra que quem fotografou conhecia o fulgor
da noite. É mais do que um registo fotográfico, mais do que um documento. Não foi
possível confirmar se o local fotografado é a Piscina Municipal de Évora. Bem vistas

as coisas, não é essencial saber.

(Nota) O apelido Novaes apresenta a ortografia da época, em conformidade com as
biografias existentes dos membros mais antigos da família, e a ortografia actualizada no
caso dos irmãos Horácio e Mário Novais, de acordo com os próprios.
[R]

Etiquetas: , , ,

5 Comentários:

Anonymous hmbf escreveu...

Muito agradecido pelo reconhecimento.

29 julho, 2006 11:15  
Anonymous Anónimo escreveu...

Merecido

29 julho, 2006 14:27  
Anonymous Roteia escreveu...

Caro Henrique:
É raro concordar com anónimos, mas é merecido sim!

Aproveito para dizer que em país de gentes avaras ao reconhecimento do próximo, mas ávidas de honrarias e bajulações, procuramos neste blogue contrariar a tendência (ainda) dominante.

29 julho, 2006 15:32  
Anonymous Roteia escreveu...

Localização confirmada:
Trata-se, de facto, das (no plural) Piscinas Municipais de Évora.
Falta apenas confirmar a datação atribuída para completar a ficha de identificação da imagem.

17 agosto, 2006 14:14  
Anonymous Roteia escreveu...

Datação:
Confirma-se a datação atribuída, uma vez que as Piscinas de Évora foram inauguradas em 1964. A datação provável passará a ser c.1965.

03 setembro, 2006 13:17  

Enviar um comentário

Ligações para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home