quarta-feira, março 08, 2006

SAMPAIO, SAMPAIO, SAMPAIO!



8 de Março 2006, 23.00 h.:
Um mar português para encerrar a última hora do último dia do duplo mandato de
Jorge Sampaio na Presidência da República, o momento de fronteira entre ciclos
presidenciais.
Sampaio despede-se deixando ao próximo presidente uma inequívoca herança de
inteligência e firmeza democrática que desejamos não venha a ser esvaziada.

Um dos últimos actos públicos de Jorge Sampaio, a apresentação do retrato
presidencial pintado por Paula Rego, constitui um exemplo da imprescindível
dimensão simbólica no exercício do mais alto cargo do Estado. Ele sabia que a
pintora jamais lhe faria um retrato amável ou convencional, mas preferiu o risco
de uma abordagem contemporânea e cosmopolita, reafirmando uma vez mais o
caminho a que Portugal não pode continuar alheio.

Saudações ultraperiféricas.
[R]

Fotografia > João Martins (1898-1972),
> Contra-luz no mar, déc. 1950?, (foto © FC/CRO)

Etiquetas: ,

6 Comentários:

Blogger João Dias escreveu...

Não deixa de ser irónico que no dia do Cavaco subir ao poleiro dediques o dia ao Sampaio.
Apesar de tudo soube-se que o retrato sofreu mutias remodulações, porquê exactamente?...não sei.

09 março, 2006 20:08  
Blogger Roteia escreveu...

Caro João Dias: Irónico porquê? Não será um acto de justiça homenagear ao fim de 10 anos de mandato aquele que consideramos ter sido um grande presidente?

10 março, 2006 02:46  
Blogger Roteia escreveu...

Já agora, João, sobre os retratos de Jorge Sampaio, que eu saiba há apenas duas versões finais. Mas é possível que existam vários estudos prévios, em desenho ou pintura, uma vez que Paula Rego, tal como muitos outros artistas, trabalha habitualmente dessa forma.
A semi-polémica sobre a escolha do retrato que figurará na Galeria dos Presidentes, deve-se apenas ás questiúnculas que nos últimos tempos tentaram denegrir o prestígio de Sampaio, certamente com o objectivo de abrir as portas à entronização absoluta de Cavaco.

10 março, 2006 03:04  
Blogger João Dias escreveu...

Roteia:
Não havia nenhum teor pejorativo na minha observação, para ser sincero até me deliciei por neste blogue, e no mesmo dia em que a múmia toma posse, se ter falado sobre Sampaio.
E quando falei das várias versões, apenas lembro-me de ouvir isso na imprensa, o porquê desconhecia, salvaguardando assim a hipótese de serem questões de profissionalismo ou perfeccionismo.

10 março, 2006 22:05  
Blogger Roteia escreveu...

Ó João: Nem pensei que pudesse ser outra coisa senão deliciamento. Lembre-se que eu leio regularmente o CH.
O que lhe respondi foi a pretexto de tornar mais preciso o critério do artigo.
Sobre Paula Rego: Um pequeno retoque, para lhe dizer que em arte "perfeccionismo" é defeito. È como dizer que "não se soube parar a tempo" ou que se dispersou em pormenorizações decorativas, inúteis. E o "profissionalismo", em arte, anda pela mesmo caminho... mas isso já seria outra conversa.

Saudações cavaquistanesas.

10 março, 2006 23:14  
Blogger Mister Agá escreveu...

Boa noite,

Mas que coisa é esta que para aqui vai?!?! hummmm!
Não me vão dizer que estão todos em amena "cavaqueira" - espero!?

Parece-me que está na hora de se deixar a múmia a "governar", ou seja, a conspirar contra governo...

bem...
saudações da ultraperiferia do planeta terra.
e até 2011.

11 março, 2006 00:34  

Enviar um comentário

Ligações para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home