quarta-feira, março 01, 2006

JOSÉ LUIS NETO



Numa iniciativa conjunto do Banco Espírito Santo e do Centro Cultural de Belém,
apresentam-se os quatro seleccionados ao prémio BES Photo 2005 - Paulo Catrica,
António Júlio Duarte, José Maçãs de Carvalho e José Luís Neto - em exposição no
CCB, Lisboa, até 5 de Março.

José Luís Neto, com dois projectos notáveis, é o vencedor desta 2ª edição do mais
importante prémio português de fotografia, sucedendo a Helena Almeida, premiada
no ano anterior.

> José Luís Neto (n.1966),
Fotografias da série 22475, 2003
[R]

Etiquetas: ,

2 Comentários:

Anonymous propranolol escreveu...

Depois de ter lido noutros blogs uma infinidade de comentários mais ou menos polémicos sobre a BES Photo, aliás, sobre a atribuição do prémio, Catrica isto, Maçãs de Carvalho aquilo, Nozzolino tal e tal, vi o teu artigo sobre a Exposição e fui ver. Confesso a minha integral ignorância sobre a hipótese de o prémio estar atribuido à partida, como já li algures. Tambem confesso que há uns meses tinha ficado impressionado com uma Exposição do J.L. Neto no MNAA, e confesso igualmente que o trabalho deste fotógrafo que é mostrado na BES Photo me impressionou do mesmo modo. Claro que uma impressão é por definição subjectiva, mas perante as constantes polemicazinhas e questiunculazinhas sempre que há prémios ou condecorações em terra lusa, às vezes apetece mesmo dizer que´há coisas que são objectivamente belas e insusceptíveis de ser afectadas pela subjectividade. Parabens, José Luis Neto, e coragem, Portugal é apenas uma nesga do vasto planeta, também existe Paris e N.Y.C. e Berlim e a Lapónia e a Conchichina. Graças a Deus!

03 março, 2006 15:04  
Blogger Ultraperiférico escreveu...

Já agora devo dizer que os trabalhos dos outros 3 fotógrafos também são notáveis, particularmente, quanto a mim, o de Maçãs de Carvalho.

03 março, 2006 16:29  

Enviar um comentário

Ligações para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home